Como viver profissionalmente da sua Criatividade

Texto: Danielle Lopes @maisonrustique

Quando falamos que vivemos profissionalmente da na nossa criatividade, assumimos um papel de grande estranheza para maioria das pessoas, porque na visão geral, “viver profissionalmente de alguma coisa” quer dizer que você precisa se submeter à uma rotina de trabalho, onde hora e compromisso são os principais itens de requisito. Existem muitas profissões do mundo criativo, como cantores, escritores, publicitários, fotógrafos. Nessas poucas linhas, falarei da minha experiência como artesã. Há dois caminhos nessa vida criativa: ou você vem de uma família que já tem a criatividade enraizada, já são artesãos, e viver assim é absolutamente normal, ou você chega à uma etapa da sua vida que cansou do “emprego normal” e vive um grande duelo dentro de si entre viver no “emprego normal” infeliz ou assumir sua vida e mente criativa profissionalmente (assumindo os riscos da instabilidade financeira e contrariando todas as opiniões de familiares e amigos). No primeiro caso será mais fácil pra você lidar e viver com os desafios da vida criativa, por mais que não seja sempre mil maravilhas, você vive em um mundo que você já conhece e respira. No segundo caso é bem mais difícil, porque apesar de ser uma vida deliciosamente tentadora, as dificuldades aparecem e mais cedo ou mais tarde você vai ter que encará-las e não sair correndo quando chegar os obstáculos. Vamos falar sobre esses desafios:

 

1. Será que desisto da minha carreira pra assumir e viver profissionalmente da minha criatividade?

Esse antes de mais nada é o maior questionamento da maioria das pessoas que decidem assumir suas carreiras criativas. A dúvida é o maior empecilho para a maioria das pessoas assumirem sua paixão pela arte. A estabilidade X instabilidade assume principal papel na hora da dúvida. Todos nós possuímos metas na área profissional, seja ela subir de cargo ou ganhar x$ pra comprar algum bem material desejado. Quando assumimos nosso desejo de viver da criatividade, essas metas apesar de existirem, elas se tornam incógnitas e incertas pro futuro. Então nesse caso, antes de mais nada, planeje sua transição de carreira. Estude, pesquise, se profissionalize (vamos falar disso adiante) e antes de mais nada, tenha certeza do que está fazendo. Isso não quer dizer que você precise demorar anos e anos pra assumir sua vida criativa. Quer dizer que você precisa se preparar financeiramente e profissionalmente também se você almeja uma carreira de sucesso dentro da criatividade. Antes de mais nada, você precisa AMAR o que faz, e não ter MEDO de ser feliz dentro daquilo que você escolheu pra viver. É importante que você conheça a área que está entrando, estude as empresas que trabalham na mesma área que você e planeje seus passos e suas metas!

 

2. Viver de criatividade exige estudo?

As pessoas se enganam quando acham que ser artesão só requer criatividade e técnica dentro do seu ramo. Te garanto que exige sim muito ESTUDO! Logicamente estou falando de ser um excelente profissional dentro dos requisitos “tecnológicos”. Antigamente se você escolhesse essa área bastava fazer sua arte e se fizesse bem feito certamente faria sucesso na sua vizinhança. Hoje em dia na era tecnológica você pode alcançar públicos inimagináveis que cruza oceanos e sua arte pode ir pra mais longe do que você imagina, isso claro se você está preparada pra isso! PREPARADA quer dizer preencher todos os requisitos de uma qualquer empresa: pense em gestão + excelente produto + atendimento + logística + marketing + qualidade + diferencial. Já pensou como era fácil antigamente e hoje se tornou mais complexo e se você quiser se destacar no mercado tem sim que ESTUDAR e muito! Pensando em cada item citado acima, você vai pensar: mas preciso de tudo isso pra viver profissionalmente da minha vida criativa? SIM SIM SIM (como dito anteriormente, se você quiser SE DESTACAR no mercado e VIVER da sua criatividade – não somente sobreviver). Na verdade você assume multi tarefas dentro da sua empresa e é importante que você conheça cada parte de como sua empresa opera, dessa maneira você será uma empresa que se destaca pelo seu profissionalismo.

 

3. Você quer ser uma EMPRESA realmente ou ser uma venda de fundo de quintal?

Não há nada errado se você queira ser só uma loja de” fundo de quintal” e ter um alcance menor, mas vamos falar e pensar como uma EMPRESA? Ser uma empresa não exige que você seja aquela pessoa séria, que vive de terninho e roupas engomadas. Não!! Lembra que você vive em um universo criativo? Empresa quer dizer que você tem metas e é gestora além de ser uma artesã. Quer dizer que você assume um papel de profissional e conhece o que está fazendo. O mais bacana de viver nesse mundo criativo, é que você pode sempre dar um toque pessoal, e o público vai adorar conhecer quem está por trás daquela marca. Ser uma empresa nesse mundo criativo é além de mais nada entregar um produto de qualidade, lembrando que seu produto é único, diferenciado, e exclusivo pois ninguém é capaz de fazer exatamente o que você faz. Seu produto leva o seu DNA, mas além de tudo leva o seu amor! Então pense em como você pode adicionar o seu produto todos os itens citados no tópico anterior e se tornar uma empresa de verdade!

 

4. DIFERENCIAL

Antes de qualquer coisa, antes até mesmo de criar sua empresa, pense no DIFERENCIAL. Pra mim isso é fundamental e o item mais importante dentro de uma empresa. Na etapa do planejamento (a mais importante de todas as etapas), faça um estudo. No MARKETING chamamos de SWOT ANALISES, ou seja, STRENGHT (força), WEAKENESSES (fraquezas), OPPORTUNITIES(oportunidade) e THREATS (ameaças). Pesquise seus concorrentes e coloque no papel sobre sua empresa: quais os pontos fortes, as fraquezas as oportunidades e as ameaças. Diante dessa análise você poderá trabalhar em cima delas e ter uma visão de que caminho seguir. Por exemplo: se sua fraqueza é que você não sabe nada sobre marketing e isso pode ser ruim pro seu negócio, então a partir da consciência dessa fraqueza, você poderá ler mais a respeito, estudar e aos poucos ir implementando estratégias de marketing no seu negócio. Viu como é um exercício importante e que te mostra o caminho a seguir? Não se esqueça que o leme para seu barco é seu DIFERENCIAL! As pessoas têm milhões de opções nas redes sociais, mas o que vai conquista-las é o seu produto diferenciado. Seja ele qual for, pense com carinho e deixe sempre em evidência o que faz diferença na sua empresa! Através do exercício de SWOT analysis você pode chegar ao seu diferencial.

 

5. INSPIRAÇÃO O SEU MAIOR INIMIGO?

Agora que já falamos sobre a parte de gestão e de como ser uma empresa dentro do ramo criativo, vamos falar da parte prática? Tudo que você precisa pra sua profissão é a tal de inspiração! Sem ela nada funciona, não existiria nem empresa pra começar! Pra tudo fluir você precisa viver inspirado e consequentemente criar seus produtos, que é o carro chefe da sua empresa. E no meio de tanta coisa pra pensar, pra analisar, pra estudar, como podemos viver inspiradas? Recentemente li o livro A Grande Magia da Elizabeth Gilbert. Uma leitura que recomendo para todas pessoas que vivem da criatividade, e ela explora com muita naturalidade esse tema “inspiração”. Segundo Elizabeth, a inspiração vem, bate na porta, e se sua porta estiver fechada ela vai embora e vai bater na próxima porta. Também concordo com ela, a inspiração está no ar, basta abrirmos os olhos e coração pra ela. É importante que você que vive da criatividade saiba os seus próprios caminhos para deixar fluir seu processo criativo. Seja através da música, do ambiente, de pesquisas no Pinterest ou redes sociais, de conversas, seja lá qual for sua fonte de inspiração, é importante que ela esteja sempre presente na sua vida! Se você bloqueá-la, nada existe. Logicamente não acordamos inspirados todos os dias, por isso é importante que você conheça seus caminhos e exercita-la é muito importante para que sua empresa funcione. Lembre-se também que você não pode culpar sua inspiração pelo seu fracasso, por isso é importante que ela seja natural. Tanto compositores como escritores precisam de silêncio e histórias que os motivem a escreverem, procure o que te motiva e seja aliada à sua motivação. O importante é que você conheça seus caminhos e deixe a inspiração fluir!

 

6. MINDSET

Mindset é um termo muito utilizado atualmente no mundo dos negócios, e define a mentalidade que temos em relação à vida. Uma das tarefas mais difíceis pra nós é termos uma rotina e principalmente DISCIPLINA no nosso propósito. Isso porque a maioria das vezes trabalhamos de casa, ou mesmo pra quem tem um ateliê, não precisamos ter uma rotina específica. Fazemos nosso próprio horário e como citado anteriormente, precisamos de um elemento fundamental pra trabalhar, que é a INSPIRAÇÃO, que não tem hora pra chegar. Se você quer ser uma empresa realmente, é muito importante que você determine metas e saiba administrar seu tempo. Porque a empresa não precisa somente da criação em si, precisa de todos os outros itens que citei no tópico 2. Então há muito que fazer e isso requer tempo e espaço. Minha principal dica é: por mais que você trabalhe de casa, crie um espaço que seja seu ambiente de trabalho. Mesmo que você está dentro da sua própria casa, toda vez que você sentar naquela mesa, sua mente passará a trabalhar no modo EMPRESA. Tenha uma agenda e escreva as metas do dia, do mês e do ano. Distribua suas tarefas semanalmente e assim tudo ficará mais fácil. Assim você pode distribuir melhor seu tempo e mesmo que você não cumpra exatamente no horário previsto, pelo menos você sabe onde tem que chegar e o que tem que fazer. Ter disciplina e foco são dois elementos fundamentais para chegar longe!

 

7. REDES SOCIAIS E INTERNET

Hoje temos a nosso favor a internet e redes sociais que facilitou muito e abrangeu o alcance do nosso público. Você consegue sim viver profissionalmente da sua criatividade se souber usar isso como uma ferramenta de grande potencial. Faça sua rede social um instrumento de comunicação, com rico conteúdo. Hoje mídias sociais virou um dos tópicos de estudo mais procurado. Usando as estratégias certas, construindo uma forte presença nas redes sociais e internet você vai longe! DICA: não faça panfletagem virtual! Gere conteúdo!

 

 

Conclusão:

Concluindo, você pode viver sua vida criativa como uma amadora ou uma profissional. As pessoas no mundo criativo que atingirão o sucesso serão aquelas que assumirem sua escolha como uma EMPRESA e viver realmente uma rotina de trabalho com foco e disciplina. Não é fácil ao contrário do que muita gente pensa, mas é uma vida deliciosa e se você amar realmente o que faz certamente atingirá o sucesso, pois o sucesso é uma consequência de algo que você faz com amor e dedicação!

 

Texto escrito por Danielle Lopes @maisonrustique